BLOG DO ADAIL

Conhecer a Deus é fundamento eterno de bem-aventurança - glória eterna. Não o conhecer é eterna perdição. Deste modo, o conhecimento de Deus é tudo: vivifica a alma, purifica o coração, tranquiliza a consciência, eleva as afeições, e santifica o caráter e a conduta. - Irmão Adail

"Ah, se pudéssemos ter mais fé num Salvador amoroso e vivo, e se pudéssemos abrir nossos corações o suficiente para receber mais do seu amor eterno, consumidor, constrangedor, penetrante; ah, se abríssemos nosos ouvidos para ouvir a doce voz do Noivo quando Ele sussura para nossas almas: "Levanta-te, meu amor, minha querida, venha, deixa as ilusões deste dia transitório. Ah, se sua voz arrebatadora pudesse alcançar nossos corações endurecidos para que tivéssemos sede e clamássemos por um relacionamento mais íntimo com o Salvador crucificado". - Pr. John Harper, que afundou com o TITANIC em 15.04.1912.

ATENÇÃO: O assento do escarnecedor pode ser muito elevado socialmente, todavia fica muito perto da porta do inferno, e logo ficará vazio.

"...prepara-te para te encontrares com o teu Deus" (Am 4.12). Como os crentes em Jesus podem viver com as malas prontas e prontos para partir? Não há mistério a este respeito; o bom senso nos deve indicar como fazê-lo. Estejamos inteiramente dedicados ao serviço de Cristo, todos os dias. Não vamos tocar no pecado com vara curta. Acertemos as contas com Deus. Vamos pensar em cada hora como uma dádiva de Deus para nós, para tirar dela o melhor proveito. Planejemos nossa vida, levando em conta setenta anos (Sl 90.10), entendendo que se o nosso tempo for menor do que esse prazo, isso não será uma privação injusta, mas uma promoção mais rápida. Vivamos no tempo presente; gozemos com alegria dos seus prazeres e abramos caminhos através de suas dores, contando com a companhia de Deus, sabendo que tanto os prazeres quanto as dores são passos na viagem para casa. Abramos toda a nossa vida para o Senhor e gastemos tempo conscientemente na companhia dEle, expondo-nos e correspondendo ao seu amor. Digamos a nós mesmos, com frequência, que a cada dia estamos mais perto. Lembremo-nos que o homem é imortal enquanto o seu trabalho não for realizado, e continuemos a realizar aquilo que sabemos ser a tarefa que Deus nos determinou para aqui e agora. Amém? - Irmão Adail

Uma única bomba devasta uma cidade, e o mundo está na era nuclear. Com a cisão de um átomo, temos um poder e uma força nunca vistos. Foguetes roncam no seu local de lançamento, e sua carga é despejada no espaço. Descobertas apenas imaginadas durante séculos são agora concretizadas à medida que começamos a explorar os confins do universo.

Vulcões, terremotos, maremotos, furacões e tufões deixam desprender sua força incontrolável e inexorável. Resta-nos procurar abrigo para mais tarde reunir aquilo que sobrou.

Poder, força, energia - observamos com admiração a exibição da natureza ou a obra do homem. Mas essas forças não se aproximam do poder de Deus onipotente. Criador de galáxias, átomos e leis naturais, o soberano Senhor reina sobre tudo o que existe e sempre será assim. Que tolice viver sem Ele, que estupidez correr e esconder-se de sua presença, e quão ridículo é desobedecer-lhe. Mas nós o fazemos. Desde o Éden estamos sempre à procura de sermos independentes de seu controle como se fôssemos deuses com o poder de controlar nosso próprio destino. E Ele tem permitido nossa rebelião. Mas, muito em breve, chegará o
DIA DO SENHOR.


sábado, 13 de novembro de 2010

SÁBADO - Um Sinal Para Israel

Algumas seitas dizem que “Deus instituiu a guarda do sábado no Éden” , mas não há registro bíblico da guarda do sábado antes dos filhos de Israel terem deixado a terra do Egito. Em nenhum lugar das Escrituras há qualquer indício de que guardar o Sábado tenha sido praticado desde o tempo dos patriarcas.

A Palavra de Deus deixa muito claro que guardar o Sábado era um sinal especial entre Deus e Israel, veja: “E subiu Moisés a Deus, e o Senhor o chamou do monte, dizendo: Assim falarás à casa de Jacó, e anunciarás aos filhos de Israel: Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim; Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade particular dentre todos os povos, porque toda a terra é minha” (Êx 19.3-5).

“Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações por aliança perpétua. Entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, e ao sétimo dia descansou, e restaurou-se” (Êx 31.16-17).

Em Deuteronômio 5, Moisés reafirma os dez mandamentos à próxima geração de israelitas. Aqui, após ordenar que se guardasse o Sábado nos versos 12-14, Moisés dá a razão por que o Sábado foi dado à nação de Israel: “Porque te lembrarás que foste servo na terra do Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão forte e braço estendido; por isso o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses o dia de sábado” (Dt 5.15).

A intenção de Deus em instituir a guarda do sábado a Israel não foi que se lembrassem da criação, mas que se lembrassem de sua escravidão quando estiveram no Egito e do livramento do Senhor. Observe os requisitos para se guardar o Sábado: A pessoa sob a lei do Sábado não poderia deixar sua casa no Sábado (Ex 16.29), não poderia acender fogo (Êx 35.3) e não poderia fazer ninguém trabalhar (Dt 5.14). A pessoa que quebrasse a lei do Sábado seria colocada à morte (Êx 31.15; Nm 15.32-35).

Alguns dizem que Paulo guardava o sábado, porque ele ia a sinagoga aos sábados

O sábado mencionado em At 17.2 era usado por Paulo apenas para fins de evangelizar os judeus. Paulo escreveu: “E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei” (I Co 9.20). Paulo não foi à sinagoga para ter comunhão com os santos ou edificá-los, mas para convencer os perdidos e salvá-los. 3) Desde o momento em que Paulo afirma “e desde agora parto para os gentios” (Atos 18.6), o Sábado não mais é mencionado. 4) Ao invés de sugerir que se observe o Sábado, o restante do Novo Testamento sugere o oposto (incluindo a única exceção, no ponto 3 acima, encontrada em Cl 2.16).

Olhando mais de perto o ponto 4 acima, este revela que não há obrigação para o crente do Novo Testamento de guardar o Sábado, e mostra também que a idéia de um domingo (“Sabbath cristão”) também não se encontra nas Escrituras. Como discutido acima, apenas uma vez o Sábado é mencionado depois que Paulo objetiva os Gentios: “Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo” (Cl 2.16-17). O Sábado Judeu (Sabbath) foi abolido na cruz onde Cristo riscou “o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz” (Cl 2.14).

Uma falsa profetisa (EGW) afirma, entretanto, que um mandato de Constantino em 321 d.C. “mudou” a guarda de sábado para domingo (Isso não tem base bíblica nem histórica).

Em que dia a igreja primitiva se reunia para adoração? As Escrituras nunca mencionam o Sábado como dia de reuniões pelos crentes para comunhão ou adoração. Entretanto, há passagens claras que mencionam o primeiro dia da semana. Por exemplo, Atos 20.7 afirma: “E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão.” Em I Coríntios 16.2 Paulo exorta aos crentes coríntios: “No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade.” Uma vez que Paulo designa esta oferta como “serviço” em II Coríntios 9:12, esta coleta deve ter sido ligada com a adoração do culto de domingo da assembléia cristã. Historicamente, domingo, não sábado, era o dia normal de encontros dos cristãos na igreja, e sua prática vem desde o primeiro século.

O Sábado foi estabelecido para Israel, não para a igreja cristã. Devemos adorar a Deus todos os dias, não somente no sábado. Dizer nos dias atuais que deve-se guardar o sábado como foi ordenado aos israelitas apenas demonstra a falta de conhecimento de alguns, e isso torna-se algo muito perigoso para a salvação de cada um de nós, pois muitos são os que estão sendo enganados por SEITAS e por muitos FALSOS PROFETAS E FALSAS PROFETISAS (Os 4.6 “o meu povo perece por falta de conhecimento”).

Os Adventistas do Sétimo Dia dizem que apenas uma parte da lei foi derrubada por Cristo ( o que seria a lei de Moisés), porém, a bíblia afirma que a lei de Moisés não difere em nada da lei de Deus. Convido os irmãos para fazerem uma leitura sobre Ne 8, ali diz claramente que a lei de Deus apenas foi escrita por Moisés, todos os escritos da lei de Moisés foram ordenados por Deus (Ne 8.1,3,8,14,18). Em Mc 7.10, o mandamento de Honrar pai e mãe, que faz parte da lei “moral”(como dizem os adventistas), é registrado como sendo dito por Moisés, o que prova mais uma vez que toda a lei é uma só.

Graças a Jesus Cristo, hoje nenhum filho de Deus deve basear sua vida pelo que diz a lei, e sim, pelo que diz a graça de Deus (N.T.), que é Jesus Cristo.

Amados amigos, busquem conhecimento na bíblia sagrada e não em falsas profetisas.

Pr. N Marchiolli - Ministério ICASS

7 comentários:

  1. muito boa postagem, tenho um amigo que segue rigorosamente o que tem na biblia, mais tudo ao pé da letra, ele não procura analisar as coisas, antes de fazer, isso faz com que a gente destorça coisas escritas na propria biblia...

    muito boa sua postagem, Adail, fique com Deus... abraços!

    ResponderExcluir
  2. Eu discordo.
    Porque Deus escolheu os israelitas como seu povo?
    para levarem a palavra de Deus tal qual ela era para o mundo todo.
    Na biblia encontramos muitos textos dos apostolos guardando o sábado.
    Até porque o sábado é o memorial da criação, vemos isso em êxodo 20:11 em relação a genesis 2:2e3.
    JESUS CRISTO É O SENHOR DO SÁBADO – Marcos 2: 27-28
    Portanto, qualquer mudança na observância do quarto mandamento só poderá ser feita por Ele. Entretanto, ouça o que disse Ele:
    Mateus 5: 17-18
    “...até que o Céu e a Terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei...”
    Estas duas testemunhas (Céu e Terra), enquanto existirem, estarão clamando contra aqueles que deliberadamente rejeitam reconhecer a eternidade da Lei Moral de Deus e a sacrossantidade do Sábado.
    Jesus é o “Caminho, a Verdade e a Vida” (João 14:6).
    Jesus é o único exemplo, “para que sigais Suas pisadas” (I Pedro 2:21).
    O cristão deve andar “como Jesus andou” (I João 2:6).
    “Vós sereis Meus amigos, se fizerdes o que vos mando” (João 15:14).
    O QUE JESUS MANDOU: “Examinai as Escrituras...” (João 5:39)
    • Que a lei não foi abolida (Mat. 5:17 e 18)
    O QUE JESUS ENSINOU • Não violar o Sábado (Mat. 24:20)
    • Frequentar a igreja aos Sábados (Luc. 4:16).
    JESUS NÃO TINHA PECADO! Porque então batizou-Se?
    DEUS NÃO SE CANSA! Porque então descansou?
    Resposta: Para nosso exemplo.
    CONSIDERANDO QUE:
    • Jesus instituiu o Sábado (Êxo. 20:8-11).
    • Por preceito e exemplo, Jesus reverenciou o Sábado na Terra (Luc. 4:16).
    • Jesus denominou-se “Senhor do Sábado” (Mar. 2:28).
    • “Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente” (Heb. 13:8).
    PERGUNTA: Que dia Jesus guardaria Se estivesse hoje entre nós?
    OBSERVAÇÃO: Deus permite você escolher onde morar, onde trabalhar e o que vestir, mas o dia de guarda, Ele determina para você: o Sábado.
    • Deus o criou, abençoou e santificou – (Gên. 2:2-3).
    • Jesus nele descansou – (Luc. 4:16).
    • As discípulas o guardaram – (Luc. 23:54-56).
    • A mãe de Jesus o observou – (Luc. 23:56).
    • É sinal entre Deus e Seus filhos – (Eze. 20:20).
    • É o Dia do Senhor – (Êxo. 20:8-11; Mar. 2:28).

    JESUS REVELOU SER O SÁBADO O DIA DO SENHOR.
    • Mat. 12:8; Mar. 2:27 e 28; Luc. 6:5.
    JESUS, OS DISCÍPULOS E OS APÓSTOLOS FAZIAM TRABALHO MISSIONÁRIO NO SÁBADO.
    • Mat. 12:1; Mar. 2:23 e 24; Luc. 6:1 e 2; 14:1; João 5:9; Atos 16:13.
    JESUS DEDICAVA O SÁBADO PARA OBRA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL.
    • Mat. 12:2, 10-12; Mar. 3:2,4; Luc. 6:7-9; 13:14-16; 14:3-5; João 9:14.
    JESUS FEZ DO SÁBADO UM DIA ESPECIAL DE CULTO, DANDO EXEMPLO, INDO À IGREJA.
    • Mar. 1:21; 6:2; Luc. 4:16,31; 6:6; 13:10
    JESUS REPREENDEU SEVERAMENTE A MANEIRA FARISAICA DE GUARDAR O SÁBADO.
    •Mat. 12:5
    OS DISCÍPULOS E OS APÓSTOLOS OBSERVARAM O SÁBADO.
    • Mat. 28:1; Mar. 15:42; 16:1; Luc. 23:54, 56; Atos 13:14, 27, 42, 44; 15:21; 17:2; 18:1-4.
    JESUS RECONHECEU QUE O ZELO SEM ENTENDIMENTO DOS FARISEUS TIROU A ALEGRIA DO SÁBADO.
    • João 5:10, 16, 18; 7:22 e 23; 9:16; 19:31.
    JESUS TINHA GRANDE PREOCUPAÇÃO; TEMIA QUE SEUS DISCÍPULOS TRANSGREDISSEM O SÁBADO.
    • Mat. 24:20.
    A única passagem referente ao Sábado cerimonial(aquele que ocorria uma vez ao ano "Expiação") no Novo Testamento está em Colossenses 2:16, e é um rebate decisivo do apóstolo Paulo aos judaizantes que queriam impôr sua perniciosa doutrina entre os cristãos. E Paulo estabelece cristalinamente que este sábado é cerimonial puro, ao dizer, no verso 17, que é “sombra” dos bens futuros. Que não seria mais necessário guardar pois Cristo hoje o faz no santuário celestial, mas o sábado semanal, de descanço, memorial da criação, jamais foi abolido, pois memoriais não se anulam,até porque se não fosse assim, o sábado estaria em meio a lei cerimonial, e não junto as outras 9 leis morais que não foram abolidas por muitas outras denominações.

    ResponderExcluir
  3. sei que a lei de deus é pura e perfeita e está na arca da aliança no céu,e pessoas como vc que vivem procurando erros na palavra de Deus já faz parte da grande perseguição aos que guarda os mandamentos de Deus e tem a fé em Jesus a esses Deus dirá:Eu não vos conheço... Isto sim será um GRANDE DESAPONTAMENTO.Sai de Babilônia enquanto ainda há tempo!!!

    ResponderExcluir
  4. Se no Sábado não podia sair de casa, por que os israelitas iam ao templo no Sábado no velho testamento?

    Na verdade, a Lei não se interpreta como se fôssemos robôs, pois a Lei diz: Não matarás, e Davi matou Golias, o exercito de Israel matava...

    O sábado, é o dia do Senhor para ser guardado, pois ele santificou e ninguém pode dessantificar, é até por isso que essa palavra não existe.

    O sábado não deve ser cumprido ao pé da letra, como se vc for um médico vc não vai atender no Sábado? Temos que nos lembrar dos sentinelas de Israel, que trabalhavam no Sábado mas como trabalho voluntário, logo, um médico, policial, ou um outro que trabalhe em um emprego que seja extremamente necessário para a sociedade que haja um trabalhando todos os dias, ele tem que trabalhar, mas o dinheiro que ele ganhar por trabalhar nesse dia, tem que doar para a caridade, o dia é do Senhor.

    O que nós devemos fazer, é deixar as nossas preocupações de lado e dedicar o tempo só pra Deus. Um bom exemplo pra isso sou eu, que estou sempre estudando e trabalhando, e nunca tenho tempo para estudar a Bíblia ou louvar o Senhor dos Exércitos, mas no sábado, eu paro e digo: hoje eu não vou estudar, hoje eu não vou trabalhar, hoje é só para o SENHOR, e então irei orar, estudar a Bíblia, louvar, pregar, ajudar quem precisa com trabalhos voluntários.... é dia para fazer o que é de interesse do Senhor e não do meu, nesse dia eu deixo meus interesses de lado e me lembro de que Deus é o criador.

    Deus nunca se cansa, em Gênesis diz que ele descansou, o descanso dele não foi dormir, foi contemplar sua criação, ele amou fazer isso pois ama a sua criação, amou tanto, que abençoou o dia em que a contemplou, contemplar a criação de Deus é o que nós, Adventistas também fazemos no Sábado, um dia tão feliz, pois nesse dia ficamos perto de Deus e só Ele trás a real felicidade.

    Quem mudou a guarda do dia do SENHOR (sábado) para a guarda do dia do deus pagão Sol (domingo) foi um rei pagão que introduziu a sua cultura na igreja primitiva que guardava o Sábado, lá ele mudou a Lei, e encheu as igrejas de ídolos de ouro e prata, como era comum em sua religião pagã, de adorar deuses por intermédio de suas imagens no domingo, o venerável dia do Sol.

    Essa mudança foi uma blasfêmia, como diz o livro de Daniel, pois o homem não tem poder para mudar o que Deus decretou, e Jesus não veio para contrariar o Pai.

    NÓS NÃO SOMOS SALVOS POR CUMPRIR A LEI, APENAS CUMPRIMOS A LEI PORQUE SOMOS SALVOS, POIS COMO AFIRMA O LIVRO DE ROMANOS, SOMOS SALVOS PELA GRAÇA, MAS A GRAÇA NÃO ANULA A NECESSIDADE DA LEI!!!!

    ResponderExcluir
  5. Vc acredita que os Israelitas foram salvos pela Lei? Se não, por que a cumpriram?

    ResponderExcluir
  6. É uma questão de Obediência. Adão e Eva ,por exemplo, desobedeceram à Deus e aconteceu o que sabemos. Se não fosse para guardar o sábado, o próprio Jesus não o tinha feito. E assim como Deus criou os céus a terra, o mar e as fontes das águas em seis dias literais, e descansou no sétimo dia, assim quando ele fizer tudo de novo (Apocalipse 21:5) certamente não será diferente. O sábado não é uma questão apenas do povo de Israel, Ele deixou o sábado para todos, como diz no mandamento (Êxodo 20:8-11)

    ResponderExcluir
  7. Querido irmao Adail, posso chama-lo assim? pois cremos no mesmo DEUS correto?

    Entao baseado nesse presuposto queria lhe dizer que o querido amigo esta redodamente enganado pois:
    Quando o SENHOR DEUS criou, santificou e abençoou o dia de sábado o povo de israel ainda nao exisita, so existia o ser humano, ou seja adao e eva. Portanto a guarda do sábado nao poderia ser destinada somente ao povo de israel. lendo o seu post percebi que disse que nao há relato da guarda do sabado antes da saida do povo de israel do egito, pergunto entao como que fica a passagem bíblica de genesis capitulo 2 verso1 a 3, onde a palavra relata que O SENHOR DEUS criou abençoou e santificou o dia de SÁBADO e nele descançou de toda obra que acabara de criar. Descansou para dar o exemplo.
    E mais como fica as passagens biblicas onde CRISTO relata que so aqueles que guardam os seus mandamentos sao aqueles que o amam (joao 14:15) e chama de mentiroso aquele que diz que o conhece mas nao guarda os seus mandamentos (1 joao 2:4). e muitos outros versos que dizem que a humanidade toda deve guardar toda a lei afinal de contas na faculdade da SALVAÇÃO nao por media, ou é 10 ou é nada conforme o livro de TIAGO 2:10,
    PRA DEIXAR BEM CLARO NAO ESTOU DIZENDO AQUI QUE NOS SALVAMOS POR GUARDAR A LEI, DE MANEIRA NENHUMA, SO NOS SALVAMOS PELO QUE CRISTO FEZ POR NOS, POR SUA GRAÇA, MAS DEMONSTRAMOS QUE ESTAMOS SALVOS E O AMAMOS PELA GUARDA DA SUA LEI. A BIBLIA COLOCA ASSIM:
    E PRA FINALIZAR GOSTARIA DE PEDIR AO ENCARECIDO IRMAO QUE VALEU O SANGUE DE CRISTO, QUE ESTUDASSE MAIS SOBRE O ASSUNTO, LHE RECOMENDO PARA ISSO O LIVRO: OS 10 MANDAMENTOS REMOVIDOS 2 VESES.

    E IRMAO QUERIDO PARE DE CRITICAR O QUE VC NAO CONHECE. A LINGUA É O MAIS PODEROSO DOS ORGAOS PODE ELEVAR COMO TAMBEM DESTRUIR, ENTAO VE SE PARA DE CHAMAR A IGREJA QUE EU FREQUENTO DE SEITA, PORQUE SEITA DEVE SER A SUA QUE PREGA CONTRA O DIA ORDENADO POR DEUS PARA SER GUARDADO.

    ResponderExcluir